Compatilhar

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

GUERREIRO JUNIOR COMO RELATOR E O PLENO DO TJ DÃO 20 DIAS PARA A CAEMA REGULARIZAR SERVIÇO EM CURURUPU.


O desembargador Guerreiro Júnior, manifestou-se pela manutenção de liminar concedida pelo juiz da comarca, ressaltando que a disponibilidade de abastecimento de água potável e o recebimento desse serviço público de forma eficiente é o direito constitucional do cidadão.

“Esse direito decorre da própria dignidade da pessoa humana. Não se pode imaginar vida saudável se não houver acesso à água potável enquanto serviço essencial e indispensável à vida humana”, disse o presidente do TJMA.

O blog acompanha intermináveis reclamações nos bairros de São Luís da falta d’água e de serviços que não são feitos pela Caema, mas ninguém aciona a CAEMA na justiça ou fica aguardando a boa vontade dos promotores da Capital que não conseguem dar uma volta na cidade para saberem se as leis de um modo geral estão sendo cumpridas.

Só fazem isto quando acontecem tragédias, para darem uma satisfação para a população.

Um comentário:

  1. Enquanto isso...

    O ex-deputado Remi Trinta ainda esnobar carro de R$350, depois que sua esposa destruiu Araioses e ele o SUS

    http://evandeandrade7.blogspot.com.br/2013/01/o-ex-deputado-remi-trinta-ainda-esnobar.html

    ResponderExcluir