Compatilhar

domingo, 31 de março de 2013

COREIA DO NORTE X EUA: Um maluco contra um império sedento por derramamento de sangue que quer só uma desculpa para mostrar seu poderio atômico e impor de forma indireta o medo aos demais países que não baixarem as calças para satisfazerem seus desejos.


UM POUCO DE HISTÓRIA.

Em meados de 1940, a guerra se espalhava por toda a Europa, chegando ao Norte da África e conquistando apoios já na América do Sul.

Os Estados Unidos vendo a coisa feia para seu lado, correu para obter apoio dos pais Latino-americanos. Para ter uma aproximação rápida e segura, os EUA aplicaram um migué chamado de POLÍTICA DE “BOA VIZINHANÇA”, implantando no Brasil o chamado American Way of Life (modo de vida americano).

COMO FIZERAM ISTO?

Para mostrarem que eram “bonzinhos”, os americanos investiram no campo cultural pesado. Incluíram Carmem Miranda em Filmes de Hollywood e criaram o personagem Zé Carioca. A representação do Brasil foi feita nesse personagem que não gostava de trabalhar e fugia frequentemente dos cobradores. Com estas “graças” fez com que o Brasil entrasse na guerra em defesa dos EUA.

Depois da guerra, o Brasil herdou dessa política de “boa vizinhança”, a consolidação do imperialismo cultural, principalmente com a difusão dos produtos da indústria de entretenimento americana e a a instituição definitiva do norte americanismo como modelo cultural, em substituição ao modelo europeu (principalmente o modelo francês, até então padrão de “civilidade” cultural das elites urbanas do Brasil).

A política americana tem como principal objetivo dominar cada vez mais as nações do mundo, e explorar os países fornecedores de matéria prima, como os diamantes da África, o petróleo do Oriente Médio, e a exploração de mão de obra barata em países da América Latina e a Ásia, África para trabalhar para as multinacionais americanas.

Com esta sanha de domínio, os EUA prejudicam até o seu próprio povo com ódio e a intolerância dos demais povos dos países do mundo.

Isso ficou evidente nos ataques terroristas de 11 de setembto. Quando terroristas sauditas usaram quatro aeronaves americanas. Duas se chocaram com o World Trade Center, uma no pentágono e outra caiu em Pittsburg. Os atentados terroristas foram um pretexto que os EUA estavam esperando para se apossar da única região que eles não tem um domínio absoluto o : Oriente Médio. Os EUA tomaram a decisão de sozinhos atacar o Iraque e controlar seu petróleo.

Os EUA fabricam bombas atômicas, testam e armazena à vontade sem questionamentos ou embargos da ONU.

Disparam á vontade contra quaisquer alvos que quiser, conforme arquivos revelados ao mundo pelo WIKILEAKS (confira) ou (AQUI).

E assim tem sido. Quem não se rende aos interesses dos EUA, irão experimentar a força de sua máquina de guerra. O medo dos EUA é espalhado por Hollywood com seus filmes de conflitos e guerras, onde os americanos são sempre os vencedores.

O Brasil é um dos países que já baixo suas calças há tempos.

QUAL É A DA COREIA DO NORTE?

Analistas do cenário internacional acreditam que, uma vez comprovada a capacidade do país de produzir armamento nuclear, o ditador Kim Jong-il usará seu arsenal como estratégia de negociação com os Estados Unidos. Ele pretenderia, assim, forçar um acordo e derrubar as sanções econômicas impostas a pedido dos EUA.

Os EUA estão ávidos por testar parte das suas mais de 5 mil ogivas nucleares sobre a pele de quem quer que seja, que não se rende aos seus interesses ou ameace o império.

Drone 02
Os EUA decidem quem irá viver
 e quem irá morrer.
Atualmente, os EUA estão usando aviões não tripulados para disparar misseis em populações no oriente médio.

Embora afirmem representar a maior democracia do mundo, os líderes norte-americanos estão colocando, em uma lista de pessoas para serem mortas jovens que não têm a oportunidade de se render e certamente não têm também a oportunidade de serem julgadas em um tribunal. (New York Times).

sábado, 30 de março de 2013

2 ANOS NA GAVETA: Procurador Geral da República segura processos de cassação de governador com a conivência do TSE.


A denúncia é grave e leva a suspeição de membros de duas instituições que deveriam agir com ética e isenção no trato do interesse público.

 
Sarney e o engavetador geral da república, que segura os processos de cassação do mandato de Roseana Sarney.
ENTENDA OS CASOS:

1º CASO:
PROCESSO:

RECURSO CONTRA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMAÇÃO DE ROSEANA SARNEY Nº 991.

MOTIVOS: ABUSO - DE PODER ECONÔMICO - DE PODER POLÍTICO POR USO INDEVIDO DE MEIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL.

O Processo 991 foi enviado para visto da Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) em 30/03/2011. Até hoje, 2 anos depois o Processo não foi visto.

Na Procuradoria Geral da República, o processo foi distribuído para a Procuradora Sandra Verônica Cureau e num passe de mágica foi parar nas mãos do Procurador Roberto Gurgel, acusado no Senado Federal por posturas suspeitas em relação a processos sobre sua responsabilidade.

Fases
19/04/2011 14:36 PROCESSO REDISTRIBUIDO Dr. ROBERTO MONTEIRO GURGEL SANTOS
30/03/2011 18:34 PROCESSO DISTRIBUIDO Dra. SANDRA VERONICA CUREAU
30/03/2011 18:17 PROCESSO AGUARDANDO DISTRIBUIÇÃO

Em 2702/2013 o processo foi redistribuído para um novo relator no TSE sem se encontrar no Tribunal, nem sequer foi solicitado.

2º CASO:
PROCESSO:

RECURSO CONTRA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMAÇÃO DE ROSEANA SARNEY Nº 809.

MOTIVOS: ABUSO - DE PODER ECONÔMICO - DE PODER POLÍTICO NAS ELEIÇÕES 2010.
O Processo 809 foi enviado para visto da Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) em 25/05/2011. Até hoje, quase 2 anos depois o Processo foi despachado, mas continua detido com o Procurador Geral da República Roberto Gurgel.

10/08/2012 17:48 PROCESSO DISTRIBUIDO Dr. ROBERTO MONTEIRO GURGEL SANTOS
10/08/2012 17:28 PROCESSO AGUARDANDO DISTRIBUIÇÃO
26/05/2011 12:09 DEVOLVIDO AO ORGÃO DE ORIGEM COM MANIFESTAÇÃO DA PGE
25/05/2011 18:30 ENCAMINHADO A SECRETARIA DA PGE Ciência
25/05/2011 15:37 PROCESSO DISTRIBUIDO Ciência Dra. SANDRA VERONICA CUREAU
25/05/2011 12:23 PROCESSO AGUARDANDO DISTRIBUIÇÃO Ciência

EIS A PROVA (CONFIRA)

QUE ESQUEMA É ESTE?

Veja que o processo foi distribuído também para a Procuradora Sandra Verônica Cureau, que se manifestou e mandou devolver ao órgão de origem (o TSE). Como o outro, o processo foi parar na gaveta do Sr. Roberto Gurgel e de lá só vai sair quando o interesse dos Sarney for atingindo e o Flavio Dino não puder mais assumir caso Roseana Sarney seja cassada.

 A conivência do TSE neste caso é evidente. Eis que o Tribunal não solicita o processo e mantém-se em silêncio compactuando com o esquema de morosidade processual de caso pensado.

Esse mesmo esquema tentado no TRE-MA não foi aceito pelo relator anterior, MINISTRO ARNALDO VERSIANI.


Conforme certidão emitida em 13.3.2012, a Secretaria Judiciária informou que ¿[...] até a presente data a Carta de Ordem não foi devolvida [...]" 
(fl. 4.572).


Solicite-se imediatamente ao Tribunal Regional Eleitoral a devolução da carta de ordem expedida nos autos, independentemente de qualquer eventual providência nela pendente.
Publique-se.
Intimem-se.
Brasília, 15 de março de 2012.
Ministro Arnaldo Versiani
Relator

Com a palavra, a excelentíssima Srª. Presidente do TSE e a Srª. Relatora atual dos processos, Ministra Luciana Lóssio.

O senador Collor acusa o procurador-geral por “inércia ou excesso de prazo” nas investigações sobre o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Para Collor, tanto Gurgel quanto a subprocuradora-geral da República, Cláudia Sampaio Marques, “teriam permanecido inertes quanto ao dever de investigar, permitindo que os delitos atribuídos ao grupo chefiado por Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Cachoeira, continuassem a ser praticados”.

De fato, Gurgel “sentou” sobre as investigações e só mesmo a força natural de uma CPI o fez sair de cima.

Desde a fundação do Ministério Público da União, determinada pela Constituição Federal de 1988, o cargo de  Procurador Geral da República foi ocupado por Geraldo Brindeiro (1995-2003), nomeado por Fernando Henrique Cardoso, e por Cláudio Lemos Fonteles (2003-2005), Antonio Fernando Barros e Silva de Souza (2005-2009) e Roberto Monteiro Gurgel Santos (2009- ), todos nomeados pelo Lula.

De todos esses procuradores-gerais, somente Roberto Gurgel vem tendo um comportamento que, além de escandaloso, é arrogante e ameaçador à instituição que chefia, o Ministério Público Federal.

o Pedido de impeachment de Gurgel (veja).

sexta-feira, 29 de março de 2013

OPERADORAS DE CELULAR VÃO BLOQUEAR CHAMADAS FEITAS POR TELEFONES PIRATAS.


Texto e ilustração da Folha de S. Paulo.
COMO SERÁ O BLOQUEIO


Todo aparelho, incluindo os tablets, sai da fábrica com um número de registro chamado IMEI. É o RG ou o chassi do equipamento. O chip, que é habilitado pela operadora, também tem um código, batizado de IMSI.

Assim, sempre que um aparelho é ligado, ele transmite às centrais das operadoras os dois números que permitem identificar quem está falando e em que aparelho.

Hoje, essas informações possibilitam, por exemplo, identificar um cliente em roaming internacional. Agora, haverá um cadastro nacional de IMEIs no país que será cruzado com o dos chips (IMSI). Assim, toda vez que um cliente estiver fazendo uma chamada, a operadora saberá se o aparelho é ou não legítimo.

Isso será possível porque também existe um catálogo mundial com todos os IMEIs válidos produzidos pelos diversos fabricantes.

As operadoras sabem que um celular é pirata porque na sua rede eles aparecem como "aviões fantasmas". Seus sinais são captados pelas antenas, mas sua identidade (RG) não aparece no "radar" das teles. Quando aparece, ela é duplicada (igual à de outro telefone) ou apresenta um número inexistente no catálogo mundial de celulares.

O novo sistema das operadoras cruzará a lista de registros nacionais e estrangeiros para saber qual é autêntico. Caso seja pirata, o sistema decidirá, automaticamente, pelo bloqueio dos sinais.
Alex Argozino/Editoria de Arte/Folhapress
Celular
Celular

ATENÇÃO PREFEITOS! Escolas tem até 30 de abril para se recadastrar no Programa Mais Educação.


Clique AQUI e mãos a obra. São vários módulos para cadastrar.

Se não houver o recadastro, as escolas deixarão de receber recursos financeiros e material didático de apoio para a educação integral.

O prazo para que as escolas pré-selecionadas para o programa façam o cadastramento, na mesma página, termina domingo (31). De acordo com o ministério, a meta é chegar até o final deste ano com 45 mil escolas públicas, situadas em regiões de vulnerabilidade social.

quinta-feira, 28 de março de 2013

O SIGNIFICADO DA PÁSCOA PARA OS QUE CREEM E PARA OS QUE NÃO CREEM.


Páscoa significa passagem, e vem do hebraico Pessach. Tem um significado espiritual profundo, mas é simplesmente banalizado nessa sociedade pós-moderna.

Não tem nada a ver com coelhos ou ovos de chocolates, é um momento dos verdadeiros cristãos refletirem e lembrarem que o Todo Poderoso Deus libertou os hebreus da escravidão no Egito e também quer nos libertar da escravidão do pecado e por isso tornou-se o EMANUEL (Deus conosco).

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus” (João 1.1).

E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1.14).

O Verbo que era Deus tornou-se Jesus Cristo, o Filho, para que “todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (Jo. 3.16).

Veio para que tenhamos vida, e a tenhamos com abundancia (João 10.10).

Essa Vida foi conquistada com sangue “porque Cristo, nossa Páscoa, foi sacrificado por nós.” (I Co 5.7).

Esta é a reflexão interior que deve ter cada cristão nesta época e todos os dias de nossas vidas, se quisermos ser chamados de cristãos.

Não deixem de crerem nisto, nem que seja cantando o pagode:

E deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Deixa a vida me levar
(Vida leva eu!)
Sou feliz e agradeço
Por tudo que Deus me deu...

Quanto aos que não creem nisto e querem viver de filosofias que criam, misericórdia!, então podem servirem-se de Romanos 1.20-32.  

terça-feira, 26 de março de 2013

BLOGS NA PRESSA DE DÁ O FURO, ERRARAM OS MOTIVOS DA SAÍDA DO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE PAÇO DO LUMIAR.


Falo da notícia da saída do Secretário de Educação de Paço do Lumiar, o Professor Paulo Buzar, que na segunda-feira próxima estará deixando o cargo de Secretário de Educação para seguir com sua profissão de Consultor.

Um blog disse que a demissão do Secretário teria ocorrido após a Juíza Jaqueline Caracas ter visitado e participado de uma reunião com técnicos da Pasta da Educação sem o conhecimento do secretário.

Outro blog informou que Paulo Buzar teria mandado uma carta informando sua demissão.

Os blogs passaram longe dos motivos da saída do Secretário de Educação. É que desde o início, o prefeito Josemar e o Vice Marconi Lopes já sabiam quanto tempo Paulo Buzar ia ficar na Secretaria.

Amigo pessoal de Marconi Lopes, Paulo Buzar foi convocado pelo prefeito e pelo vice para assumir a secretaria de educação e dá uma arrumada na pasta. Paulo Buzar disse que poderia ajudar a nova administração somente durante 90 dias, pois pretendia continuar com sua profissão de consultor e neste tempo Josemar procuraria outro profissional para assumir a pasta. Só isto.

Essas foram as informações obtidas do executivo municipal de Paço do Lumiar.

Na segunda-feira, o prefeito Josemar estará oficializando a saída do secretário e agradecendo pelo seus préstimos a favor da educação de Paço do Lumiar. 
Diálogo e trabalho foi a definição de Paulo Buzar para a sua gestão à frente da Secretaria de Educação.

A SERVIÇO DE GRILEIROS E DE ESPECULADORES DE TERRA, A JUSTIÇA DE PAÇO DO LUMIAR E A PM TEM MOSTRADO EFICIÊNCIA.


Em Paço do Lumiar existem 36 comunidades ameaçadas de despejo forçado por força de liminares dadas aos montes sem verificação da validade da documentação dos supostos proprietários.

A partir do assassinato do empresário Marggion Lanyere Andrade, descobriu-se um esquema de grilagem de terra nos municípios de Ribamar e Paço do Lumiar via falsificações de documentos nos cartórios desses municípios.

A justiça de Paço do Lumiar sabe disto e é quem vem dando estas liminares sem nenhum compromisso com a situação social, com mulheres e crianças, determinando que a tropa de choque fique a vontade para por em prática suas táticas violentas e odiosa dos desvalidos.

Segundo o delegado Carlos Alberto Damasceno que apura os crimes de grilagem, há envolvimento de fraudes cometidas com documentação de cartório em São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e Vitória do Mearim.

De acordo com a polícia, outra pessoa que atuava junto com Junior do Mojó, “era o Empresário  Armando Oliveira Ramos, dono do Restaurante Cantinho da Roça que fica no bairro do Araçagy". Para à Comissão de delegados que cuida do caso, Armando terminou envolvendo vários parentes no  crime.

Contra os grandes grileiros de terras do Maranhão a justiça encolhe, não há liminares para expulsá-los, nem solicitação da força da tropa de choque para reintegração de posse.

A Câmara de vereadores de Paço do Lumiar está irmanada com a população ameaçada. Para o vereador Marcelo Portela, a situação é cruel e requer ações concretas do governo estadual e do governo municipal para evitar um dano maior.


Deixo a decisão de um juiz para verem como se faz justiça nestes casos (CONFIRA). 

MAGISTRADO EQUIVOCADO OU DESLEIXADO OU CONIVENTE: MPF/MA recorre de decisão do juiz da 1ª Vara da Justiça Federal que livrou fazendeiro escravagista de condenação.


O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) interpôs recurso em sentido estrito contra sentença da 1º Vara Criminal da Justiça Federal, que rejeitou a denúncia oferecida pelo MPF/MA contra Francisco Gil Cruz Alencar, por sujeitar a condições degradantes de trabalho, empregados da Fazenda Gil Alencar, localizada na zona rural de Santa Inês/MA.

O MPF ofereceu a denúncia em agosto de 2012, depois que uma inspeção feita pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) verificou condições desumanas de moradia e trabalho oferecidas por Francisco Gil Cruz Alencar aos empregados que realizavam o serviço de limpeza do terreno para criação de gado, na fazenda Gil Alencar.

O GEFM, composto por membros do Ministério Público do Trabalho (MPT) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), identificou no local: ausência de instalações sanitárias; falta de água potável e local para refeições; alojamento inadequado (casa de palha sem banheiro, portas e janelas); descontos no salário dos trabalhadores, com adiantamentos para compra de equipamento individual e para consumo próprio; armazenamento inadequado de substâncias perigosas; fornecimento de alimentação inadequada; salário inferior ao mínimo e não assinatura da Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Os relatos dos trabalhadores e o difícil acesso ao local (somente por veículo próprio) corroboraram a situação degradante identificada pelo GEFM.

Na denúncia, o MPF/MA requereu a condenação de Francisco Gil Cruz Alencar pelo crime previsto no artigo 149 do Código Penal Brasileiro, que prevê a pena de reclusão de dois a oito anos para quem “submeter alguém a condição análoga à de escravo, quer submetendo-o a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, quer sujeitando-o a condições degradantes de trabalho, quer restringindo, por qualquer meio, sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto” (art. 149, Código Penal).

A 1ª Vara Criminal da Justiça Federal rejeitou a denúncia, alegando que a situação dos empregados da fazenda Gil Alencar não se enquadra no artigo 149 do Código Penal Brasileiro, porque não violou o direito à liberdade individual, não havendo evidências de que os trabalhadores estavam impedidos de abandonar o local no momento em que quisessem.
O juiz não leu o artigo 149 do   Código Penal:

"Art. 149. Reduzir alguém a condição análoga à de escravo, quer submetendo-o a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, quer sujeitando-o a condições degradantes de trabalho, quer restringindo, por qualquer meio, sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto: Pena ¾ reclusão, de dois a oito anos, e multa, além da pena correspondente à violência”.

Ora, Douto Magistrado, a condição análoga à de escravo ocorrerá em qualquer das hipóteses da Lei, seja submetendo-o a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, seja sujeitando-o a condições degradantes de trabalho.

A situação está demonstrar, ou equivoco ou desleixo no julgamento, ou conivência com o acusado.

segunda-feira, 25 de março de 2013

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Paço do Lumiar (SEMDES-PMPL) realizou nesta sexta-feira (22), o encontro com mulheres luminenses, em comemoração ao “Mês da Mulher”, O evento abordou o tema “Tráfico Humano e suas consequências na atual realidade”.




A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Paço do Lumiar (SEMDES-PMPL) realizou nesta sexta-feira (22), o encontro com mulheres luminenses, em comemoração ao “Mês da Mulher”, O evento abordou o tema “Tráfico Humano e suas consequências na atual realidade”, e foi amplamente discutido pela preletora, Rosiane Rocha, militante dos direitos da mulher no Estado e pela secretaria de Desenvolvimento Social, Ivone Oliveira, no Convento das Irmãs da Purificação, no Maiobão.
 O Encontro contou com a participação de centenas de mulheres das comunidades de Paço do Lumiar, do Prefeito Josemar Sobreiro, secretários municipais,   Associação de Mulheres, Conselhos Municipais e Conselho Tutelar. O evento teve o apoio das Secretarias Municipais de Saúde Cultura, Produção, Pesca e Abastecimento e Secretaria Estadual da Mulher. 
A secretária de Desenvolvimento Social, Ivone Oliveira contou que o tema foi proposto com a intenção de sensibilizar as pessoas sobre os problemas causados na vida das pessoas que sofrem com o trafico, e alertar a sociedade para o tema evidente, que tem vitimado muitas famílias. “Hoje estamos fazendo essa parada para que possamos avaliar esse problema que é real, e não podemos nos eximir enquanto poder público e ajudar as demais instituições no combate a esse crime”, enfatizou.
Segundo a palestrante Rosiani Rocha, no Brasil, o tráfico de seres humanos, em especial de mulheres é uma das modalidades do tráfico de pessoas mais praticadas no mundo contemporâneo, e em sua essência se presta à escravidão sexual e à venda da mulher como objeto sexual, muitas vezes contra a sua vontade “Esse crime acontece muitas vezes pela falta de informação. Os traficantes são criteriosos na abordagem de suas vitimas, que na maioria das vezes são de famílias humildes, em situação de pobreza, e assim, se aproveitam da fragilidade para oferecer emprego e possibilidade de ganho de dinheiro fácil”, explicou a militante.
De acordo com o artigo 231 do Código Penal, o enquadramento para quem promove ou facilita no território nacional, o recrutamento, transporte a transferência, o alojamento ou acolhimento da pessoa quer venha a exercer a prostituição é  o tráfico de pessoas é de 3 a 8 anos de prisão  e multa
Para dona Francisca dos Anjos, de 62 anos, o tema é de muita importância, pois retrata situações do cotidiano, e não só de novela. “A gente vê muitas meninas serem iludidas com propostas de emprego fora do estado, promessas de ganhar muito dinheiro, mas quando chega no local, a situação é outra”, disse. 

O AGRONEGÓCIO DO MARANHÃO É FEITO ÀS CUSTAS DA ESCRAVIDÃO: 30 fazendas flagradas praticando escravidão a olhos vistos dos três poderes: Do Executivo, Legislativo e do Judiciário.

O levantamento é do Ministério do Trabalho, que flagra, emite um auto de infração e fica só nisto. Os fazendeiros, geralmente ligados aos políticos, estão se lixando e continuam a escravizar.

Fazendeiros
Nome da Fazenda
Município
Nº de escravos
Ramo de atividade
A. B. de Carvalho
Fazenda Nativa III
Santa Luzia
10
Criação de bovinos para corte
Adailto Dantas de Cerqueira
Fazenda São Jorge
Santa Luzia
45
Criação de bovinos
Agenor Batista dos Santos
Fazenda União
Açailândia
8
criação de bovinos
Alcides Reinaldo Gava
Fazendas Reunidas São Marcos e São Bento
Carutapera
18
Criação de bovinos para corte
Alsis Ramos Sobrinho
Carvoaria do Alsis
Açailândia
2
Produção de carvão vegetal
Antônio Aprígio da Rocha
Fazenda Barro Branco
Santa Luzia
11
Criação de bovinos para leite
Antônio Barbosa Passos
Fazenda Reluz
Bom Jesus das Selvas
21
Criação de bovinos para corte
Antônio das Graças Almeida Murta
Fazenda Lagoinha
Açailândia
48
Criação de bovinos e cultivo de milho
Antônio das Graças Almeida Murta
Fazenda Lagoinha
Açailândia
65
Criação de bovinos e cultivo de milho
Antônio Erisvaldo Sousa Silva
Fazenda Pampulha
Açailândia
7
Produção de carvão vegetal
Antônio Fernandes Camilo Filho
Fazenda Lagoinha
Bom Jesus das Selvas
27
Cultivo de Milho
Antônio Fernandes Camilo Filho
Fazenda Lagoinha
Bom Jesus das Selvas
13
Cultivo de milho
Antônio Gonçalves de Oliveira
Fazenda União
Carutapera
1

Antônio Vieira Fortaleza
Fazenda Boa Esperança
Bom Jardim
22
Criação de bovinos
Elizeu Sousa da Silva
Fazenda Santo Antônio
Açailândia
5

Esperança Agropecuária e Indústria Ltda
Fazenda Entre Rios
Maracaçumé
16
Gado Bovino para corte
Francisco Costa da Silva
Fazendas Asa Branca I e Asa Branca III
São João do Caru
20
Criação de bovinos para corte
Francisco Gil Cruz Alencar – EPP
Fazenda Coronel Gil Alencar (Gilrassic Park)
Santa Inês
12

João Feitosa de Macedo
Fazenda J. Macedo
Bela Vista do Maranhão
17
Criação de bovinos para corte
José Celso do Nascimento Oliveira
Fazenda Planalto II
Santa Luzia
27
Cultivo de milho
José Edinaldo Costa
Fazenda Palmeiras
Santa Luzia
7
Criação de bovinos para corte
José Egídio Quintal
Fazenda Redenção
Açailândia
3
Criação de bovinos para corte e cultivo de pimenta-do-reino
José Rolim Filho
Este é prefeito de Codó
Fazendas São Raimundo/São José
Peritoró
24
Criação de bovinos para corte
Lidenor de Freitas Façanha Júnior
Fazenda Maria de Jesus
Governador Archer
5
Criação de bovinos para corte
Max Neves Cangussu
Fazenda Cangussu
Bom Jardim
19
Criação de bovinos para corte
Nyedja Rejane Tavares Lima
Fazenda Thâmia
Santa Luzia
30
Criação de bovinos para corte
Ramilton Luis Duarte Costa
Fazenda Terra Bela
Governador Edison Lobão
10
Produção de carvão vegetal de coco babaçu
Roberto Barbosa de Souza
Fazenda Barbosa
Santa Luzia
20
Criação de bovinos para corte
Rui Carlos Dias Alves da Silva
Fazenda Agranos/Sanganhá/Pajeú
Codó
7
criação de bovino
Vilson de Araújo Fontes
Fazenda Cabana da Serra
Santa Luzia
7
Criação de bovinos para corte

São 527 trabalhadores encontrados em situação análoga a de escravo, enriquecendo esses sujeitos destituídos de amor para com seus semelhantes.

O prefeito cassado de Codó abaixo foi pego praticando escravidão na sua fazenda, mas concorreu normalmente como se nada estivesse acontecido.


Neste Maranhão escravo de uma oligarquia de 50 anos, há ainda dezenas de fazendas que o Ministério do Trabalho não tem coragem de fiscalizar.

FETAEMA DENUNCIA
“Há casos de trabalhadores dormindo junto aos animais das fazendas, se alimentando com restos de comidas, bebendo água onde muitas vezes até sapos são encontrados. Vale ressaltar que se a lista suja aponta o estado na 4ª posição, para nós, o Maranhão esta na 1ª, pois na pesquisa são contados apenas trabalhadores escravizados dentro do Maranhão, mas nós sabemos que os maranhenses são a principal mão de obra nos estados do PA, MT, MG e SP”, disse Chico Miguel, presidente da FETAEMA.