Compatilhar

sexta-feira, 15 de março de 2013

A indicação do novo Ministro do Trabalho foi acertada entre Lupi e a presidenta Dilma em uma reunião na última semana.


Ao indicar o secretário-geral da PDT, Manoel Dias (SC) como novo Ministério do Trabalho, a presidente Dilma Rousseff reabilitou politicamente o ex-ministro Carlos Lupi, que deixou a Esplanada dos Ministérios em 2011, em meio a suspeitas sobre o desvio de recursos da pasta.

Dias é “intimamente próximo” de Lupi, de acordo com pessoas próximas. Lupi foi até mesmo convidado a comparecer agora à tarde, às 17 horas, em audiência com a presidente e Dias, para discutir a transição na pasta.

A presidenta Dilma pretende com a indicação, atrapalhar os planos do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, de contar com o PDT em sua possível candidatura à Presidência.

A reabilitação política de Lupi tende a se refletir também nas negociações para a montagem da nova direção do partido. O PDT marcou sua conferência nacional para o próximo dia 22. Disputam o comando da legenda alas ligadas a Lupi, mais numerosas, e ao ministro Brizola Neto.

Fonte do texto: ultimosegundo.ig.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário