Compatilhar

segunda-feira, 11 de março de 2013

MAIS UM ESQUEMA CHAMADO TELEXFREE: Policial militar de São Paulo perde R$ 32 mil que investiu para ser divulgador da Telexfree.

CONFIRA AQUI

O que é a Telexfree?

É mais uma versão da chamada “Pirâmide”.

Funciona assim: Você investe e arranja outros para formar sua rede, seu grupo, sua pirâmide. Os que você convenceu também precisam arranjar outros. Ai entra uma estória de postagem de anúncios para disfarçar o golpe.

O seu pagamento vem das novas aplicações daqueles que você convenceu. Quando os ingressos daqueles que você convenceu não for suficientes para cobrir os resgates, estes começam a atrasar e são interrompidos, gerando perdas para os que investiram.

É ai que estão tentando passar a perna no PM.

No início, os primeiros investidores ganham muito dinheiro, até as pessoas começarem perceber que estão perdendo dinheiro, e o golpe começa a ser revelado, como está acontecendo.
O ESQUEMA TELEXFREE VAI MUDANDO AS REGRAS PARA OS NOVOS INVESTIDORES. ASSISTA O VÍDEO.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) recebeu, por meio dos Procons Estaduais do Acre e de Pernambuco, do Ministério Público Estadual do Acre e do Mato Grosso, em janeiro de 2013, denúncias relativas à suposta captação de poupança popular por parte da empresa Telex FREE (YMPACTUS Comercial Ltda).

A partir das denúncias, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cadê), a Comissão de Valores Mobiliário (CVM), ao Banco Central (BC) e a Secretaria de Acompanhamento Econômico (SEAE) foram informados sobre a prática da empresa.

Foi expedido ainda Ofício Circular 352/2013 aos Procons estaduais e municipais solicitando encaminhamento de procedimentos em curso sobre a Telex Free, assim como a divulgação, nos sites dos órgãos, do 2º Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/DPDC.

Boletim Investimentos Irregulares – Divulgado em 2011, publicação orienta o consumidor como proceder para não cair em uma oferta irregular. O Boletim alerta que é preciso investigar bem antes de investir: procurar conhecer o mercado e se a formação do investidor é uma atividade permanente.

Um comentário:

  1. Anônimo3.6.13

    Para acabar com a malandragem tem que mandar prender todos os otários, kkkkk

    ResponderExcluir