Compatilhar

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

EXCLUSIVO!! SSP/MA PERDE MILHÕES EM RECURSOS POR INCOMPETÊNCIA E DESCASO COM A SEGURANÇA DOS MARANHENSES: Pela 3ª vez consecutiva propostas de segurança pública de Aluísio Mendes são reprovadas pelo Ministério da Justiça.

A Governadora Roseana Sarney, o Secretário Aluísio Mendes e os comandantes de polícias de mãos atadas.

1ª PROPOSTA REPROVADA – Trata da Chamada Pública Nº3/2013 para seleção de propostas referentes à proteção de Mulheres e Jovens em situação Vulnerável.

Os recursos liberados pelo MJ para as propostas aprovadas abrangem as seguintes áreas temáticas:

1 - Mulheres em situação de violência e jovens e adolescentes egressos do sistema prisional ou em situação de moradores de rua;

2 - Famílias expostas à violência urbana, vítimas da criminalidade, relacionadas de acordo com a ação de Prevenção à Violência e à Criminalidade.

Veja os motivos da desclassificação tanto do Estado como dos municípios que ensaiaram participar.



2ª PROPOSTA REPROVADAtrata-se de propostas na área de aperfeiçoamento de sistemas de gestão da informação e à produção de diagnósticos e planos de Segurança Pública.

A proposta e o recurso do Maranhão foram indeferidos.

Recursos

Número da Proposta
UF
Nome do Proponente
Parecer
059431/2013
MA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
INDEFERIDO
064588/2013
PR
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
DEFERIDO PARCIALMENTE
064552/2013
PA
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL
DEFERIDO PARCIALMENTE
060900/2013
PI
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
DEFERIDO
060865/2013
SC
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
DEFERIDO PARCIALMENTE
061265/2013
ES
SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
DEFIRIDO
064420/2013
PR
SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA
DEFERIDO PARCIALMENTE
064659/2013
AP
SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA
INABILITADA

3ª PROPOSTA REPROVADA Trata-se de proposta, com a qual o Maranhão receberia recursos do MJ para várias ações de segurança pública, mas o Estado do Maranhão foi reprovado na apresentação de propostas para:

1 - Fortalecimento das Delegacias Especializadas de Atendimento às Mulheres;

2 - Fortalecimento das Delegacias Especializadas de Atendimento à Criança e ao Adolescente e Fortalecimento das Delegacias Especializadas em Crimes relacionados a Homofobia;

3 - outras ações de prevenção à violência contra crianças e adolescentes; ações de prevenção à violência contra a População em Situação de Rua; ações de prevenção à violência contra a população LGBT; ações de Prevenção à Violência e enfrentamento ao Tráfico de Pessoas; fortalecimento das Corregedorias e Ouvidorias de Polícia; ou ações desenvolvidas no âmbito do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD; outras ações de prevenção primária, secundária desenvolvidas pelos estados e Distrito Federal.


Intervenção se faz quando a autoridade local não tem competência para a gestão de sua responsabilidade.

Se isto não for suficiente para uma intervenção Federal na gestão da segurança pública do Maranhão, nada mais será.


Estamos perdidos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário