Compatilhar

sábado, 30 de novembro de 2013

O BLOG DESMONTA FALSA ACUSAÇÃO CONTRA MÉDICA CUBANA PARA INVIABILIZAR O ‘PROGRAMA MAIS MÉDICOS’.

Corporações médicas do Brasil acostumadas a manipular e tirarem vantagem económica da saúde pública, estão fazendo de tudo para inviabilizarem o 'programa mais médicos’.

Uma destas tentativas é acusar a médica cubana Norma Rodriguez de ter receitado remédio para cavalo ao paciente da cidade de Barra do Corda, no Maranhão.

1º FATO:
O medicamento consta na Lista 2013 das Denominações Comuns Brasileiras para medicamentos da ANVISA.


2º FATO:
Na lista consultada pela médica, o remédio receitado está com a seguinte identificação: 05859 | metocarbamol | 532-03-6, conforme a Lista 2013 das Denominações Comuns Brasileiras para medicamentos da ANVISA - DCB (CONFIRA) determinada na Resolução-RDC nº 64/2012 da ANVISA.

3º FATO:
metocarbamol receitado foi em comprimido que é para uso humano e não o líquido que é de uso veterinário, como bem demonstrou o blogueiro Gilberto Leda (AQUI) e este blog (AQUI).

Mesmo diante de todos esses fatos, a corporação médica Maranhense insiste na denúncia.

O Presidente do CRM, Abdon Murad apresentando cópia da receita que teria sido prescrita pela cubana sem verificar os fatos.

Eles devem procurar outro meio para inviabilizar o 'mais médico' porque esse ai não colou.

O medo é dos médicos estrangeiros amenizarem o sofrimento da população doente e os daqui não terem mais como auferi lucros com a miséria alheia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário