Compatilhar

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

EIS AS PROVAS DOS DESCASOS DE ROSEANA SARNEY E DO GUARDA-COSTA DA FAMÍLIA PARA COM A SEGURANÇA DOS CIDADÃOS DO MARANHÃO..

ROSEANA SARNEY E ALUÍSIO MENDES: DE MÃOS ATADAS
A representante da Oligarquia Sarney no Maranhão e o seu secretário de segurança fizeram pouco caso da segurança dos cidadãos maranhenses e agora estão de mãos atadas.

Aqui estão as comprovações:

1ª COMPROVAÇÃO – O Ministério da Justiça (MJ) disponibilizou recursos para atender Famílias expostas à violência urbana, vítimas da criminalidade, relacionadas de acordo com a ação de Prevenção à Violência e à Criminalidade (Chamada Pública Nº3/2013) para seleção de propostas referentes à proteção de Mulheres e Jovens em situação Vulnerável. A proposta do Maranhão para obter os recursos foi REPROVADA. Sabe o motivo?

A proposta nº 058502/2013 de Roseana Sarney e Aluísio Mendes foi feita de forma desleixada. O MJ rejeitou a proposta por não ter sido apresentado 3 cotações para todos os itens da proposta.

2ª COMPROVAÇÃO – Outra propostas do Maranhão, a de nº 059431/2013 era para obter recursos do MJ para a produção de diagnósticos e planos de Segurança Pública. A proposta foi indeferida por incompetência da equipe de Roseana Sarney que conduz a Secretaria de Segurança Pública.

3ª COMPROVAÇÃO – A Proposta 067117/2013 era para obter recursos para ações de prevenção à violência contra crianças e adolescentes; ações de prevenção à violência contra a População em Situação de Rua; ações de prevenção à violência contra a população LGBT; ações de Prevenção à Violência e enfrentamento ao Tráfico de Pessoas; fortalecimento das Corregedorias e Ouvidorias de Polícia; ou ações desenvolvidas no âmbito do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD; outras ações de prevenção primária, secundária desenvolvidas pelos estados e Distrito Federal. A PROPOSTA FOI DESCLASSIFICADA PELO MJ.

Esses descasos da Governadora Roseana Sarney e de seu secretário Aluísio Mendes culminaram com o crescimento do tráfego de drogas e outros crimes que se proliferaram pelo Estado.

Estão ai fatos e provas suficientes para uma intervenção Federal no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário