Compatilhar

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

HOMEM ESTRANGULADO EM PEDRINHAS IMPLOROU À POLÍCIA PARA NÃO SER JOGADO NA CELA DOS ASSASSINOS, POIS TINHA ACABADO DE ESCAPAR DE UM ATENTADO. FOI EM VÃO SEU PEDIDO, AS AUTORIDADES DO MARANHÃO O ENTREGOU PARA A EXECUÇÃO. EM MENOS DE 2 DIAS ELE FOI ESTRANGULADO.

O que está no Relatório do CNJ se repete. O relatório cita que um preso que foi vítima do Secretário Adjunto de Administração Penitenciária do Maranhão deu entrevista informando que estava sendo ameaçado e acabou sendo morto pouco antes de ser incluído em programa de proteção a testemunhas.

No dia último dia do ano (31/12/2013) o foragido de Pedrinhas Josivaldo Pinheiro Lindoso, 35 anos, foi preso pela polícia após ter sofrido um atentado sendo alvejado no braço esquerdo. No hospital Socorrão I, foi constatado que ele tinha dois mandados de prisão para serem cumpridos até 2024. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38.

O PRESO IMPLORA PARA NÃO SER MORTO EM PEDRINHAS, POIS OS QUE ATENTARAM CONTRA SUA VIDA ESTAVAM LÁ.

Josivaldo Pinheiro Lindoso preso e
entregue para seus algozes.
“Se eu voltar para lá (Pedrinhas) vão me matar”. Esta foi a declaração de Josivaldo Pinheiro Lindoso na noite do último dia de 2013 após ser preso pelo sargento Sá da equipe do Batalhão de Choque. Os policiais cumpriram seus deveres entregando o presos para as autoridades do Estado.

“Ele (Josivaldo) pediu para não ser preso, pois se voltasse para prisão seria morto. O atentado que ele sofreu mostra que alguém o quer morto”, contou o policial que efetuou a prisão, logo após a recaptura do foragido.

Mesmo cientes desse fato, o preso foi levado para covil de seus algozes no Centro de Triagem da Penitenciária de Pedrinhas e foi estrangulado. Num tipo de Pena de Morte permitida pelo Sistema de Segurança pública em vigor no Maranhão dos Sarney.

De acordo com o delegado que preside o inquérito aberto, o interno teria sido morto, porque outros quatro presos teriam descoberto que ele seria de uma facção rival.

Sebastião Uchoa - Secretário de Administração PenitênciáriaTem servido só para anunciar execuções nos presídios do Maranhão.
Em Nota que omite os fatos narrados acima, o Secretário de Administração Penitenciária, Sebastião Uchoa se limita a resumir o ocorrido dizendo que a Delegacia de Homicídios está investigando o caso. Josivaldo Pinheiro foi preso, em cumprimento de mandado expedido pela Justiça, na terça-feira (31) (CONFIRA).

O Maranhão Precisa de um Governador urgente!!!


Fonte: iDifusora e Blog do Gilberto Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário