Compatilhar

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

BOMBA! LEITOR DENUNCIA: R$ 1,5 MILHÕES POR LIMINAR EM PLANTÃO DO TJMA.

Mais um caso para a PF  apurar a denuncia de venda
de liminar.

4 comentários:

  1. Em Bom Jardim-MA
    aconteceu o mesmo.
    a prefeita laranja foi afastada do cargo por 180 dias.
    aí consegui comprar uma liminar por 1 milhão e meio dizem pelos cantos da prefeitura.
    e no domingo plantão começaram a comemorar e a soltar foguetes. 
    E já circulava pelo whatsapp a imagem da deliberação do plantonista.
    e só foi publicado na segunda feira.
    vergonha o judiciário do Maranhão. 
    TJMA
    leilão de sentenças.
    O leitor comentou isto na postagem 

    PLANTÕES JUDICIAIS NA MIRA DA PF TAMBÉM NO MARANHÃO.

  2. ENTENDA O CASO:
O juiz Raul José Duarte Goulart Júnior, titular da Comarca de Bom Jardim determinou o afastamento da prefeita Lidiane Leite da Silva pelo prazo de 180 dias por descumprimento judicial relacionado à regularização das aulas na educação infantil e fundamental, fornecimento de merenda e transporte escolar no município maranhense. A prefeita Lidiane falsificou informações a apresentou à justiça. Porém, as informações foram desmentidas por meio de denúncias realizadas pelos próprios moradores da cidade.

O deboche da prefeita de Bom Jardim graças aos falados
plantões do TJMA.
A posição hierárquica da prefeita Lidiane Leite da Silva, como chefe do Executivo municipal, a sua influência política e a intenção declarada de crimes de falsificação de documentos e dados, levou o juiz a afastá-la corretamente para garantir o cumprimento da determinação judicial.

Nenhum magistrado em sã consciência derrubaria a necessária decisão do juiz de Bom Jardim. Pois a Lei diz que quando um prefeito está atrapalhando a justiça, deve ser afastado. Tem mais:

"o plantão judiciário é destinado somente a atender casos de relevância e urgência que justifiquem a sua interposição fora do expediente forense normal, como meio de socorrer, por exemplo, pessoas que corram grave risco de vida ou lesão à saúde (inciso V do art. 19 do RIT.I/MA)".

Nenhum comentário:

Postar um comentário