Compatilhar

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Não foi ameaça à equipe da TV Mirante, foi ameaça à imprensa livre.

No momento em que se preparava para exercer trabalho de imprensa em frente ao Presídio São Luís 3 – de onde fugiu ontem (23), pela segunda vez só neste ano, o detento Nilson da Silva Sousa, o Jornalista Marcial Lima e sua a equipe foram intimidados e ameaçados por agentes do Estado, armados com espingardas de grosso calibre. 

A intimidação atenta não só contra o trabalho da TV Mirante, mas atenta contra a imprensa livre. É inaceitável.

A imprensa e a população merece uma explicação sem arrodeios, por parte do setor de comunicação do Estado.

Tal atitude, é intolerância aos ruídos da TV Mirante, que vem noticiando fatos que merecem atenção das autoridades?.

Em discurso na abertura da 15ª Conferência Internacional Anticorrupção, a Presidente Dilma foi enfática: “É sempre preferível o ruído da imprensa livre do que o silêncio da ditadura”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário