Compatilhar

terça-feira, 16 de junho de 2015

AÇÃO DA PF NO TJCE PROVOCA CORRERIA NO TJMA.

Ação da Polícia Federal ontem no Judiciário cearense (Veja), com 13 prisões preventivas, 28 mandados de busca e apreensão e condução de um desembargador acusado de vender liminares, tem causado alvoroço no judiciário maranhense.

Vários prefeitos tem acusado o judiciário do Maranhão de ser um balcão de negócios.

A PF, de ontem pra hoje tem recebido várias denúncias anonimas dando conta de venda de liminares no Maranhão.

"Aqui, se a PF dê o bote, vários magistrados vão em cana", comentou um causídico nos corredores do Tribunal do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário