Compatilhar

terça-feira, 11 de agosto de 2015

AÍ TEM COISA: Dilma convoca Ministros do STF para jantar, como fez com senadores.

Na noite de ontem (10), em um jantar com senadores da base aliada, Dilma pediu para os parlamentares barrarem "pautas-bombas" da Câmara.
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que a apreciação das contas do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff pelo Congresso "não é prioridade".

A CONVOCAÇÃO DOS MINISTROS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, QUE NÃO DEVERIAM SENTAR COM A GENTE QUE ESTÁ DESGRAÇANDO A NAÇÃO PELA CORRUPÇÃO.

Se Dilma pediu para os senadores barrarem "pautas-bombas" da Câmara, o que pedirá aos Ministros do STF?

Pedirá para pararem com as investigações da Lava Jato? Que tal prenderem o juiz Sergio Moro? Talvez a libertação dos delatores para pararem de falar e fugirem?

Já confirmaram presença no jantar com Dilma: 

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, e os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Luiz Edson Fachin e Rosa Weber. O Ministro Marco Aurélio advertiu: