Compatilhar

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

GOVERNO DO MARANHÃO FERE POPULARES INDEFESOS E DIVULGA NOTA PARA JUSTIFICAR AS ATROCIDADES.

Achei que os Sarney eram piores.

Pela terceira vez o atual governo do Maranhão vem se mostrando intolerante para com reivindicações.

Em março/2015, a PM comandada pelo novo regime prendeu estudante sob alegação de está com bombas numa mochila (terrorista) sem mostrar o conteúdo de tal mochila. Um casal que tenteou conter os abusos fou agredido.

Em Julho/2015 indíginas que se dirigiram ao palácio para falar com o governador, mas foram recebidos por uma tropa de PMs armados até os dentes. Para conseguirem o que queriam tiveram que pagar propina. Confira...indio-acusa-assessora-de-dino-de-cobrar-propina-para-pagamentos-de-transporte-escolar/

Agora Pobres cidadãos de Paço do Lumiar que reivindicam moradias são recebidos à bala no Palácio do governo.

A Tropa do novo regime mandou balas contra homens, mulheres e até crianças durante manifestação por moradias, foram muitos tiros, bombas, spray de pimenta. Os moradores da Vila Nestor, de Paço do Lumiar, tentavam em ato pacífico dialogar com o Executivo estadual sobre a reintegração de posse no município, mas foram supreendido com a resposta do governador do Estado. Confira as imagens.

A marca d Flávio Dino ficou nos moradores de Paço do Lumiar. Os feridos não quiseram se identificar por temer retaliações onde mora. "O esquadrão me acha moço", disse um rapaz ferido por bala na perna, negando se identificar. 

"meter bala" é a linguagem passada pelo representante da PM e “quando AR-15 começar a cantar, os bandidos vão saber...." é o incentivo do Secretário de Segurança do novo Regime. (Reveja

Basta a PM entender que alguem é bandido para "meter bala".

Eis a Nota do Governa para justificar as balas nos indefesos populares tratados como bandidos.

O cordeiro virou lobo.