Compatilhar

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

QUEM AVISA AMIGO É!

ARTICULAÇÕES E ESCOLHAS ERRADAS  DO RECENTE GOVERNADOR FLÁVIO DINO PARA 2016 PODEM SER FATAIS PARA SEU FUTURO POLÍTICO.

O governador do Maranhão vive um dilema: ou faz as escolhas certas com vista às eleições 2016, ou sofrerá a vergonha da derrota, enterrando seu futuro político.

Os bastidores dão conta que o maior medo do governador é sofrer uma derrota nos grandes centros, principalmente em São Luís e região metropolitana.

A título de exemplo, um dos vários grupinhos que cerca o governador tenta implacar o surrado Domingos Dutra como candidato em Paço do Lumiar.

Se o governador mandar fazer uma pesquisa séria, Dutra não tem credibilidade no município nem pra ser candidato a vereador porque ao longo de décadas, Dutra como deputado nunca deu um prego numa barra de sabão pelo povo luminense. Isto é fato.

A situação para o governador também não é confortável em São Luís, apesar de já ter iniciado a execução de parcerias com Edivaldo Holanda Junior, a população quer ver a coisa se concretizar por completo.

Vem por ai atropelos políticos pesados capitaneados pelos Sarney e por aliados de outrora de Dino, que foram defenestrados pela turma do comunista.

Luis Fernando em São José de Ribamar, pelo PSDB servirá a um outro propósito que foi bastante pensado e projetado para o futuro. Este propósito não inclui Flávio Dino, nem a política centralizada que pós em execução no Maranhão.

Fazer de Roberto Rocha e Eliziane Gama de papel higiênico mostra os grandes equívocos do comunista governador do Maranhão.

Além disso, Ricardo Murad e Castelo tem seus pesos na balança, Castelo, mesmo com a péssima administração que fez, tem uma grande parcela de eleitores fies na ilha. 

Já Ricardo Murad tem a fama de gestor trator. Atropela processos, mas faz. Sabendo disso tudo, Edivaldo Holanda Junior está se virando nos trinta para reconquistar o povo ludovicense.

A política não reserva espaço para equívocos, erros de avaliaçãoe traição. 

Quem avisa amigo é.