segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Vale a pena trocar Edivaldo por Braide? Eis a questão!

Primeiramente, quero dizer que não tenho vínculo com esses dois candidatos. Não votei neles no 1º Turno e tenho observações críticas à gestão do Atual prefeito. Entretanto, uma análise se faz necessária sem paixão política ou sentimento ideológico.

Vamos por ponto,

Por longos anos, desde da primeira eleição do saudoso Jackson Lago (in memoriam) reivindicava-se que o prefeito e o governador trabalhassem juntos por São Luís. 

Tal desejo só veio ser concretizado agora com o atual governo. Bem ou mal, a gestão municipal sob Edivaldo, conseguiu estabelecer com o atual governo do Estado parcerias que representam avanços nunca antes obtidos. Outro que teria essa possibilidade, seria Eliziane Gama.

Edivaldo tem projetos em execução e a executar. O principal deles é o projeto educacional, agora nas mãos de um secretário, que na época da Gestão de Jackson Lago fez uma educação premiada. A pergunta é: Vale apena interromper esses projetos e recomeçá-los do zero sob a roupagem de Braide? Que pelo visto pertence a grupo político interessado no Estado e não em São Luís.

Críticas à parte, Edivaldo e Braide foi o que restou do exercício democrático dos cidadãos e cidadãs ludovicenses. Entretanto, a crise econômica que se avoluma e as necessidades básicas dos moradores de São Luís, não deixam espaço para aventuras políticas. E nesse contexto uma questão se apresenta ao eleitor ludovicense: 

Vale a pena trocar Edivaldo por Braide?


Comentários
0 Comentários