terça-feira, 27 de dezembro de 2016

A miséria e a miserável educação do Maranhão

Como preparar jovens para desenvolverem suas potencialidades e suas dignidades para cuidarem bem de si mesmos, de suas famílias e serem produtivos na vida social, com a miserável educação que se pratica no Maranhão para as classes pobres do Estado?

Algum hipócrita pode argumentar: mas, fulano ou sicrano estudou em colégio do Estado e se deu bem!

Ora! Que conseguiu, só conseguiu porque burlou o sistema de ensino ruim, ou seja, abandonou o sistema e estudou por conta própria. Passando fome, tendo vertigem, mas com ajuda de algum filho de Deus consegue um bom livro, uma boa apostila, elaborados para colégio dos ricos.

Vamos deixar de hipocrisia! filhos de famílias em estado de miséria, que receba salário família ou não, não tem mente tranquila para memorizar nada. Simplesmente não acreditam mais nessas conversas de mentiras e enrolação dos prefeitos, governador e deputados. Hoje, devido a maioria absolutas deles serem bandidos e ladrões do erário público, suas propostas e falações já nascem morta nas mentes daqueles que povoam os bolsões de miséria que circundam todo o Maranhão. 

Além do conteúdo do ensino ser ruim, centenas e centenas dos professores são despreparados. Não há acompanhamento pedagógico, não há estruturas de ensino. Faltam professores de verdade e os que tem ainda faltam.

É a miserável Educação do Maranhão num Estado onde campeia a miséria.
Comentários
0 Comentários