Compatilhar

domingo, 2 de abril de 2017

Enfermeiros cruzam os braços em São Luís e exigem o imediato cumprimento de lei

O prefeito Edivaldo Holanda Junior não quer cumprir a lei que sancionou em 2014 - acusa enfermeiros de São Luís

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil e o Sindicato dos Enfermeiros de São Luís, realizam um grande ato na capital, em frente a Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (03).

O movimento resultará em uma paralisação de advertência dos enfermeiros, que exigem o imediato cumprimento das 30 horas de jornada para os profissionais de enfermagem (Lei Municipal nº Lei 5.863/2014), o que não vem sendo respeitado pela Prefeitura de São Luís.

O ato que está previsto para iniciar às 07 horas, contará com o apoio e a presença de enfermeiros, que atuam na rede municipal de saúde de São Luís e que no momento, não estão tendo seus direitos garantidos. O movimento servirá para defender, acima de tudo, conquistas da categoria, asseguradas por lei.

O QUÊ: Ato em defesa pelo cumprimento da Lei das 30 horas;

QUANDO: Segunda-feira (03), as 07 horas;

ONDE: Em frente a Secretaria Municipal da Saúde, que fica no Parque do Bom Menino.

Contato pra entrevista: 
Dirigente Sindical Cleia Varao - 98152-3147

Nenhum comentário:

Postar um comentário