Compatilhar

terça-feira, 9 de maio de 2017

Com forte articulação das instituições o Município de Passagem Franca encampa o projeto "Maranhão na Prevenção às Drogas"


Com uma articulação já adiantada, com todas as leis municipais necessárias aprovadas, foi lançada na Comarca de Passagem Franca, nesta segunda-feira, dia 8 de maio, a campanha "Maranhão na Prevenção às Drogas", através da adesão do município ao projeto "Parceiros pela Paz". A iniciativa foi encampada pela juíza titular da comarca, Arianna Rodrigues de Carvalho Saraiva, com a parceria do Ministério Público e Prefeitura do município.

O lançamento, que ocorreu no Centro de Ensino Antônio Reinaldo Porto, foi a oportunidade para que as pessoas conhecessem o objetivo e as metas do projeto capitaneado pelo Comitê Estadual de Prevenção às Drogas – formado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, Ministério Público do Maranhão, Câmara Federal e Polícia Rodoviária Federal.

"O problema das drogas é um pecado social, aquele em que todos nós somos responsáveis de alguma maneira. Nossa juventude está se perdendo e os três únicos destinos de quem se envolve com a droga é acabar com a saúde, prisão e morte. Não podemos ficar sem fazer nada. Juntos, como estamos fazendo, podemos iniciar uma batalha e conseguir bons resultados, mesmo que estejamos longe de ganhar a guerra", disse o desembargador Cleones Cunha, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), que prestigiou o evento. Para ele, o projeto é um exemplo de que as instituições, conjuntamente, podem fazer grandes avanços em problemáticas que atingem a sociedade.

No comitê, o juiz auxiliar Júlio Praseres é o representante do Tribunal de Justiça do Maranhão, que tem mobilizado magistrados em todo o Estado para abraçarem a campanha. "Temos dado todo o apoio para que os juízes se interessem e se mobilizem para levar a campanha e o projeto para suas comarcas", pontuou.

Além dele, integram o comitê o juiz de Bacabal Jorge Leite, que já trabalha a prevenção das drogas em projeto na comarca, as promotoras Sandra Garcia e Cristiane Lago, a deputada federal Elizane Gama, pela Comissão Externa de Políticas sobre Drogas da Câmara, além de representantes da Polícia Rodoviária Federal e Federação dos Municípios (FAMEM).

COMPROMETIMENTO - "Quando trouxemos a informação do projeto, o prefeito e o presidente da Câmara foram de uma determinação incrível, pois se comprometeram e hoje, no aniversário da cidade, lançamos o projeto com todas as leis aprovadas, com menos de 20 dias e feriados pelo meio", ressaltou a juíza Arianna Saraiva, agradecendo a todos pelo empenho e presença do evento.

Foi com rapidez que o prefeito, Marlon Saba Torres, e o presidente da Câmara de Vereadores, João Batista, propuseram e aprovaram as leis da criação do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, Conselho Estudantil e do Fundo Municipal de Políticas sobre Drogas, necessário para repasse de verbas que podem custear instrumentos para acolhimento e recuperação dos dependentes químicos. Para Marlon Torres, a iniciativa é importante para o município e, por isso, de pronto abraçou a campanha, que já tem o nome personalizado de "Passagem Franca na Prevenção às Drogas" – um dos objetivos da campanha estadual.

"O problema das drogas é real e está bem perto de nós. Eu mesmo, recentemente, perguntei a um amigo notícias de rapaz que foi meu colega na infância e soube que, infelizmente, sucumbiu às drogas e está numa situação muito difícil", revelou o prefeito, também informando que há poucos dias inaugurou o CAPES do município que tem internação para dependentes químicos.

ALCANCE - Para a deputada federal Eliziane Gama, também presente no lançamento, representante da Comissão Externa de Política sobre Drogas da Câmara dos Deputados e integrante do comitê, o alcance do projeto em mais de 10 municípios em apenas dois meses de trabalho demonstra a importância da questão, que é urgente.

"Os números são alarmantes. As consequências na vida dos jovens e das famílias são arrasadoras. Juntos podemos fazer muito mais e fico muito feliz e honrada de ver que esta campanha e que juntos estamos conquistando objetivos, como o Conselho Estadual de Política sobre Drogas que foi reativado no último mês, após um trabalho deste comitê", disse a deputada maranhense, ressaltando o trabalho do Judiciário e do Ministério Público na campanha.

A campanha já foi abraçada pelos municípios de São Luís, Arari, Vitória do Mearim, Açailândia, Imperatriz, João Lisboa, Estreito, Porto Franco, Montes Altos, Senador La Roque, Buriticupu, Bom Jardim e Zé Doca. Em outros municípios, como Santa Inês, o comitê já esteve também realizando a sensibilização.

LINHA DE TRABALHO – Foi a titular da 6ª Promotoria de Açailândia, Sandra Fagundes Garcia, que discorreu sobre o projeto e falou sobre exemplos de ações que podem ser feitas com os estudantes, pais e professores na prevenção às drogas no âmbito municipal. "Fico muito feliz de saber que em Passagem Franca as leis já estão todas aprovadas, agora é partir para a implantação dos comitês e desenvolvimento das ações em parceria com todos o agentes", destacou a promotora, falando sobre a possibilidade de palestras, concursos de desenho e poesia nas escolas e atividades diferenciadas. A promotora também estava representando o procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Coelho.

Além de promover a integração, articulação e cooperação entre governo, iniciativa privada e cidadãos, propondo medidas que visem à prevenção contras drogas, a campanha mobiliza conselhos municipais, movimentos sociais, associações comunitárias, universidades, sindicatos e entidades da sociedade civil, para realização das atividades sob a temática do combate ao consumo de drogas ilícitas entre jovens, de 12 a 29 anos.

]Em Passagem Franca, participaram ainda do evento o promotor Leonardo Soares Bezerra, promotor de Pastos Bons, respondendo por Passagem Franca pelas férias do titular Carlos Allan Siqueira; vereadores, professores, diretores de escolas, conselheiros tutelares, policiais militares e cidadãos do município interessados no projeto.

Com informações da Assessoria de Comunicação do TJMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário