Blog do Edgar Ribeiro: 2018.05

SE NÃO QUISER LER APENAS OUÇA - CLIQUE NO PLAY ABAIXO

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Coisas ruins e coisas boas do Maranhão que aos poucos foram contaminadas pela politicalha e interesses escusos

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!


COISAS BOAS DO MA QUE FORAM CONTAMINADAS

O JP

Nos idos de 1951 surge no Maranhão aquele que viria a ser o instrumento de defesa da justiça social, dos ideais políticos e do direito do cidadão – O Jornal Pequeno (JP). Apesar de ser chamado de pequeno, era grande e sobrevivei décadas por décadas sem se dobrar aos interesses políticos de quem comandara o Maranhão. Agora, porém, se tornou minúsculo por deixar ser dominado por interesses políticos de plantão. 

Afinado com o PC do B, o JP contamina sua bela história.

A RÁDIO TIMBIRA

Fundada em 15 de agosto de 1941, a Rádio AM Timbira foi concebida para ser uma emissora do governo. “A Rádio Timbira levava a todo Estado do Maranhão informações, entretenimento e lazer, sendo um elo importante na vida do interiorano, assim como a do homem da capital. Embora, a pioneira de radiodifusão no Maranhão não tivesse todo o aparato tecnológico como nos dias atuais, o empenho e a paixão dos profissionais daquela época vieram a dar grande contribuição como formadores de opinião. Apesar de enfrentarem os desafios apresentados pelas tendências demográficas, isso não serviu de impedimento para que a comunicação chegasse aos ouvintes de sua região” (UFRGS).

Os piores momentos da Rádio Timbira foram no governo de Roseana Sarney, que chegou até extingui-la (Lei n. 6.454 de 27 de outubro de 1995). A partir daí a Rádio Timbira passou a agonizar. José Reinaldo (em 2002) tentou ressuscitá-la, mas sem sucesso.

Jackson Lago tentou recuperar a credibilidade da Timbira, ensaiou reestruturá-la, mas faltou empenho e visão.

Flávio Dino foi quem deu maior passo para modernizar a Rádio Timbira, mas com a intenção dela servi-lhe de palanque para seus interesses políticos. É o que se vê na grade de programação da Rádio. Uma lástima.

Pela Rádio Timbira passou grandes nomes do rádio, que nunca se comportaram como fazem os de hoje. 

Coisas boas do Maranhão que aos poucos foram contaminadas pela politicalha e interesses escusos.   

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Entenda de vez - A história recente do Maranhão comunista está retratada num filme

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!


Por incrível que pareça, um registro histórico da Russia retrata a recente história do Maranhão. A Obra "Revolução dos bichos", do escritor George Orwell guarda grande semelhança com a "Revolução Comunista" no Maranhão. 

- depois da revolução russa a solução comunista foi criação de fazendas de produção coletiva ("A Fazenda de todos nós", a economia centralizada e a repressão política (os que discordavam dos comunistas foram chamados de "inimigos do povo").

Na "Revolução dos bichos", o escritor satiriza o discurso e a prática comunista. narra que os animais, apesar de superiores aos homens, são explorados por eles, passam fome e necessidades. Um dia os animais reagem e começam uma revolução na fazenda para estabelecerem o ideal, a Fazenda de todos nós sem corrupção.

Aqui - No Maranhão do presente século a proposta comunista foi a mesma - "Maranhão de todos nós" para acabar com a miséria de uma "oligarquia perversa" que só trouxe atraso para o estado. Os personagens do filme se encaixam perfeitamente nos personagens do Maranhão.

Os homens (A burguesia, a oligarquia Sarney); Os animais (O povo do Maranhão); Sr. Jones (Sarney); O Velho Major (Jackson Lago); Napoleão (Flávio Dino); Bola de Neve - Snowball (José Reinaldo); Garganta (Marcio Jerry - o Squealer); As ovelhas (parte da população maranhense iludida - alienada); Os cachorros (a polícia e blogs comunistas); Sansão (Boxer - iludido a serviço do PC do B); e o corvo Moisés (representa os evangélicos encabrestados pela Eliziane Gama).

Se não entendeu, eu desenho.



Para eliminar Bola de Neve (José Reinaldo), Napoleão (Flávio Dino) articulou para esvaziar o ato de filiação de Bola de Neve (José Reinaldo) ao DEM. Para isto acionou seu comparsa de sempre, o Marcio Jerry (Garganta). Bola de Neve foi banido. Agora para manter a ilusão usa Eliziane Gama para manter o controle sobre uma parcela grande dos maranhenses (os evangélicos).


Qualquer semelhança com a revolução comunista no Maranhão não é mera coincidência.

Os primeiros resultados estão aí:
 - Corrupção na Saúde;
 - Corrupção na Educação;
 - Uso da polícia contra adversários;
 - Intolerância contra jornalistas;
 - ......

DEPUTADO BATALHA PELA REDUÇÃO DO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS NO MA

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

O deputado estadual, Wellington do Curso vem insistindo junto ao governador Flávio Dino para que o mesmo se sensibilize com a situação da população. 

Wellington informa que, ao contrário de Flávio Dino, os governadores de vários Estados estão sensíveis à causa, dentre eles, os governadores do PIAUI (aqui), GOIAS (aqui), MATO GROSSO DO SUL (aqui) e ESPIRITO SANTO (aqui). 

O deputado Wellington mostra em dados e discurso o tamanho do ICMS do Maranhão sobre os combustíveis. Disse que nunca responsabilizou o governador por aumento de combustíveis. Pede apenas que governador reduza a alíquota do ICMS do Maranhão que figura como uma das mais altas do País.

terça-feira, 29 de maio de 2018

DIREITO DE INFORMAR E EXPRESSAR É AMEAÇADO NO MARANHÃO

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

O governador do Maranhão tem investido pesado contra a imprensa crítica do Estado. Tanto o governador, como seu partido, o PC do B não toleram críticas, mas exercem livremente esse direito no dia - a - dia.

A maior parte das informações censuradas são sobre fatos comprováveis. O nosso governador já passou a imagem de intolerante. E de fato o é. A título de exemplo, em recente acontecimento, o jornalista Diego Emir foi vítima dessa sanha intolerante porque divulgou postagem com o título “Roseana Sarney confirma pré-candidatura ao Governo e chama Flávio Dino de “ditador”. O jornalista apenas informou um fato presenciado por ele, mas foi acionado para retirar a informação e ser multado em R$ 5.000,00. 

A intolerância comunista é patente pela quantidade de expedientes processuais contra jornalistas, blogueiros, redes sociais e jornais. Até mesmo institutos de pesquisas não escapam.

Estes fatos serão comunicados oficialmente ao CNJ e à Comissão Executiva do Fórum Nacional do Poder Judiciário e Liberdade de Imprensa, para as providências cabíveis.

A Constituição Federal e o STF garante a liberdade de livre expressão do pensamento e informação. 

Ver-se que governador Flávio Dino, nesta condição, deveria suportar as criticas e as atividades jornalísticas  protegidas pela constituição que ele prometeu cumprir.

Por outro lado, os ferrados blogueiros não têm a menor chance numa disputa com um governador que detém o comando de toda maquina executiva do Estado, investindo pesado através de seus procuradores para obter sucesso na demanda.

Em um dos processo, o governador chega a pedir para o juiz que queria ser ouvido em casa, no Palácio. O juiz negou sua pretensão porque aí já seria demais. E por ái vai ... no Maranhão de meu Deus.

Já dizia Rui Barbosa: "Nada mais tolo que o orgulho, nada mais duro e odioso que a intolerância, nada mais perigoso ou ridículo do que a vaidade.”

O autor deste blog continuará a exercer seu direito constitucional à informação e o direito de informa , apesar das intolerâncias.

Justiça do PR manda usar força policial para retirar o acampamento “Lula Livre” e multa para a CUT e PT já passa de R$ 9 milhões

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

Os moradores do bairro Santa Cândida, em Cutitiba venceram na Justiça a retomada da multa diária por réu de 500 mil reais por dia e a retirada dos manifestantes por força policial.
O acampamento já dura quase dois meses, está trazendo inúmeros transtornos ao bairro. Com a decisão, os moradores acreditam e esperar por ter sua liberdade de expressão e direito de ir e vir retomados novamente.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

A união de advogados para a eleição da OAB/MA complica a situação de Thiago Diaz

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

O adv. Pedro Alencar quer a OAB
mais atuante e com credibilidade
A pré-candidatura do Dr. Pedro Alencar à Presidência da Ordem do Advogados do Maranhão recebe um reforço de peso. Alencar conquistou a simpatia dos colegas por atuar de forma firme defendendo os advogados, mas com habilidade e maturidade para evitar crises entre a OAB e Poder Judiciário.

Dr. Erivelton quer a união
da classe de advogados
O Dr. Erivelton Lago, criminalista e presidente da ABRACRIM - Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas, desistiu de concorrer à Presidência da OAB/MA e resolveu unir forças com o pré-candidato Pedro Alencar, que é o atual vice-presidente e aparece em segundo lugar em todas as pesquisas. Erivelton fundamentou sua decisão por achar que o colega Pedro Alencar detém os requisitos para unir a classe, superar a crise instalada na OAB e restabelecer a credibilidade da Instituição. O advogado Erivelton Lago é uma liderança entre os advogados criminalistas e detém admiração de toda classe, sendo advogado há 25 anos, atuando com ética e tendo em seu histórico a defesa das prerrogativas dos causídicos. Já foi Conselheiro da OAB nas duas gestões de Mario Macieira, além de Presidente da Comissão de Defesa das prerrogativas dos advogados. Na eleição passada, participou como presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão, sendo um braço forte do grupo Mario Macieira.

Pedro Alencar apostou alto no jovem
Thiago Diaz, mas o resultado 
foram decepções para a classe.
Com a união desses dois grupos de atuantes advogados, a situação do atual presidente, Dr. Thiago Diaz, se complica e muito, pois sua rejeição já beira os 30%. Para um número considerável de advogados, o atual presidente da OAB acumulou decepções durante sua gestão.

Maranhão não cumpre os preços dos combustíveis determinados pelo Conselho Nacional de Política Fazendária

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!


A partir de 16 de maio de 2018, o Conselho Nacional de Política Fazendária determinou o seguinte preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) para os combustíveis a ser praticado no Maranhão:

UF
Gasolina Comum (R$/ litro)
Gasolina Premium (R$/ litro)
Álcool       (R$/ litro)
DIESEL S10 (R$/ litro)
ÓLEO DIESEL (R$/ litro)
GLP     (R$/Kg)
*MA
3,896
5,700
3,521
3,459
3,340
5,291

O corre que por aqui não se encontra esses preços.

Fonte: ATO COTEPE/PMPF Nº 9, DE 9 DE MAIO DE 2018 - https://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/atos-pmpf/2018/pmpf009_18

Quanto o Maranhão cobra de imposto por litro de combustível:

Combustível
ICMS - R$/L
Estados que cobram menos
GASOLINA (R$/L)
 R$      1,091
MT
MS
RR
SC
SP











ETANOL (R$/L)
 R$      0,915
AM
BA
CE
ES
GO
MT
MS
MG
PA
PB
PE
PI
PR
RN
SC
SP
DIESEL S500 (R$/L)
 R$      0,601
CE
DF
ES
GO
MG
PA
PR
RJ
RS
SC
SP





DIESEL S10 (R$/L)
 R$      0,623
CE
ES
GO
MG
PA
PE
RJ
RS
SC
SP
TO






Fonte: Fecombustíveis

domingo, 27 de maio de 2018

Governador do MA emite Decreto inconstitucional com conotação político para concorrer com Decreto Presidencial

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

O governador do Maranhão, o ex-juiz federal Flavio Dino assinou neste domingo (27) um Decreto inconstitucional com conotação política para concorrer com o Decreto da Presidência da República, que autoriza o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem na desobstrução de vias públicas.

A medida do governador Flávio Dino, além de eleitoreira, é também inconstitucional, pois no seu decreto ele determina a requisição de bens particulares para as medidas que supôs.


A Constituição Federal diz que falta competência ao governador para tal medida administrativa. Só quem pode exercer a requisição de bens nestes casos é a União (artigo 22, inc. III da CF). 

Confira:

Art. 5º, inciso XXV - no caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano;

Art. 22. Compete privativamente à União legislar sobre: (...) III - requisições civis e militares, em caso de iminente perigo e em tempo de guerra; 

Portanto, o governador Flávio Dino avançou o sinal no afã de tirar proveito político.

Ainda dá tempo de corrigir esse erro jurídico absurdo.

O BRASIL ESTÁ MORTO!! MAS NÃO QUER ADMITIR

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

Morto para acudir seus doentes.
Morto para instruir e proporcionar educação.
Morto para combater a violência.
Mortoo para conter a bagunça generalizada por aqueles que acham que podem fazer tudo o que der na tela.
Morto para garantir, alimentos, remédios, combustíveis e energia, no caso de paralisações como a dos caminhoneiros.
Morto para pronta intervenção no caso de desordens sociais, terrorismo e ameaça de guerra.
No início da paralisação dos caminhoneiros o governo tinha que ter um mínimo inteligência para saber que a situação levaria a um desabastecimento total, inclusive das atividades essenciais. Neste caso decretava intervenção imediata, assumindo o controle da situação em nome da ordem social e garantias constitucionais – não impedindo a greve, mas lançando mão do controle de empresas transportadoras e refinarias.
Morto, mas não quer admitir – está só a caveira.

sábado, 26 de maio de 2018

PRA QUEM TEM MEMÓRIA CURTA - Os deputados que aumentaram o ICMS no MA em até 50%

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

A gestão comunista – que vende um engano chamado de “Maranhão todos nós” aumentou o ICMS com alíquota maior para os mais pobres.

Através da Mensagem Governamental nº 101/2016, o governador Flávio Dino enviou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Nº 223/16 para aumentar o ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços na seguinte proporção:

Energia elétrica (até 500 kw/mês) – aumentou 50%, passando de 12% para 18%. 
Energia elétrica (acima de 500 kw/mês) – aumentou 8%, passando de 25% para 27%. 
Combustíveis – aumentou 4%, passando de 25% para 26%.
Telefone, internet – aumentou 8%, passando de 25% para 27%.

26 DEPUTADOS VOTARAM PARA AUMENTAR O ICMS: 

Bira do Pindaré, Ana do Gás, Cabo Campos, Carlinhos Florêncio, Levi Pontes, Edivaldo Holanda, Edson Araújo, Fábio Braga, Fábio Macedo, Rigo Teles, Valéria Macedo, Roberto Costa, Graça Paz, Vinícius Louro, Rogério Cafeteira, Zé Inácio, Rafael Leitoa, Hemetério Weba, Marco Aurélio, Sérgio Frota, Ricardo Rios, Léo Cunha, Júnior Verde, Stênio Rezende, Othelino Neto e Francisca Primo.

8 DEPUTADOS VOTARAM CONTRA O AUMENTO DO ICMS: 

Adriano Sarney, Eduardo Braide, Max Barros, Andrea Murad, César Pires, Wellington do Curso, Sousa Neto e Edilázio Júnior.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

A causa da miséria na Saúde do MA – Gestão passada e os esquemas criminosos da gestão comunista

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

No passado a causa eram os esquemas dos Sarney.

No presente são os crimes na gestão comunista que arrasam com os recursos destinados à saúde dos maranhenses. Vamos aos fatos e provas. Pois, contra fatos e provas não há argumentos - apenas jus esperniandi (o direito de espernear e de dizer que a culpa é do Sarney ou dos falecidos).


Assim que assumiram o governo do Estado em 2015, a gestão comunista estava tão ávida pelo cofre estadual que fizeram pior do que a gestão dos Sarney.

PASMEM!!

De entrada, a gestão de Flávio Dino na Saúde fez termos de parceria Com institutos herdados da gestão de Ricardo Murad

R$ 135.540.000,00 (TERMO DE PARCERIA Nº 001/2015/ - PROCESSO Nº 48.481/2015-SES).
R$ 56.160.000,00 (TERMO DE PARCERIA Nº 002/2015/SES - PROCESSO Nº 48.481/2015-SES).
R$ 409.440,00 (1º Termo Aditivo - Processo nº 197.378/2015/SES).
R$ 12.974.589,55 (1º Termo Aditivo - Processo nº 117.903/2015/SES).
R$ 6.314.642,29 (1º Termo Aditivo - Processo nº 120.491/2015/SES).
R$ 88.443,13 (3º Termo Aditivo - Processo nº 127.305/2015/SES).
R$ 62.497,25 (3º Termo Aditivo - Processo nº 87.458/2015/HEM).
R$ 88.443,13 (2º Termo Aditivo - Processo nº 219.938/2014/SES).
R$ 6.742.924,00 (1º Termo Aditivo - Processo nº 10.2760/2015/SES).
R$ 821.609,65 (5º Termo Aditivo - Processo nº 118.097/2015/SES)

Total que a gestão de Flávio Dino aditivou da gestão de Roseana Sarney: R$ 27.502.589,00.

Ora! se os comunistas xingavam Roseana e Ricardo Murad pelo caos na saúde, como eles foram além das práticas dos Sarney? - No caso não passam de hipócritas da pior espécie. 

NÃO PARARAM POR AÍ - MAIS R$ 113.918.700,00 NUM ESQUEMA CRIMINOSO

Em Relatório da PF consta uma interceptação telefônica de 18/03/2015 entre um funcionário da Secretaria de Saúde do governo Flávio Dino e um dos donos do Instituto Cidadania e Natureza (ICN), médico Inácio Guará – falecido posteriormente.

A PF diz: “na conversa [o funcionário do Governo Dino] pede para que seja realizada a contratação de Clenildo Bezerra, em Coroatá e de Tatiana como coordenadora de enfermagem”.



Clenildo era o vice-presidente do PC do B da cidade de Coroatá, partido do governador Flávio Dino.

“Verifica-se que antes mesmo de sair o edital de licitação o investigado já tinha dados sigilosos sobre do processo de licitação, inclusive que seria dividida em grupos e já sabiam quais hospitais iriam administrar, tais como Hospital Geral. O resultado da licitação da SES MA foi divulgado no dia 14/04/2015 e a ICN foi vencedora de dois contratos orçados em R$ 98.700,00 e R$ 113.820.000,00 respectivamente”, diz o relatório da Polícia Federal.

Como são gulosos.

Na próxima os esquemas milionários das obras.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

MORTE NÃO COMBINA COM SAÚDE - SÓ NO MARANHÃO

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

Mortes em sequência são registradas todos os meses no Maranhão por falta de serviços de saúde adequados. 

Nas gestões de Roseana Sarney os serviços de saúde eram ruins e o comunistas esculhambavam a governadora e com razão.

SITUAÇÃO NA CAPITAL: Madrugada do dia 24/05/2018
Pessoas enfrentando uma fila quilométrica para marcar exames 
Para surpresa e decepção dos maranhenses, logo nos primeiros dias que os comunistas assumiram os serviços de saúde, passaram a desviar os recursos que seriam para as consultas, para os exames, para as cirurgias e compra de remédios. 

A PF flagrou os larápios, mas eles já tinham embolsado R$ 18 milhões, conforme apuração da Polícia Federal e o inquérito em curso na Justiça Federal.

Doentes do Maranhão peregrinam por unidades hospitalares do Estado a procura de médicos, mas não conseguem. Demoram vários meses para terem atendimentos básicos e quando conseguem marcar uma consulta são surpreendidos com a informação de que não será atendido naquele dia e que a consulta será remarcada para quando tiver médico.

Os maranhenses têm tentado marcar consultas para para os seguintes especialistas reumatologista, cardiologista, neurologista, otorrino e ortopedista. As centrais de marcação de consultas informam que não tem vaga. Os médicos informam que sempre estão à disposição. Sem o acompanhamento sem o acompanhamento desses especialistas, muitos maranhenses estão entregues à própria sorte.

A fila foi formada por mulheres na porta do HOSPITAL GENÉSIO REGO - Unidade de Saúde do Estado.

O Blog esteve no pavilhão "D" do sofrimento do Hospital Genésio Rego. Lá acompanhamos o atendimento de consultas básicas com ginecologistas. Ninguém é atendido na hora marcada, pois os médicos só chegam até 4 horas depois do horário marcado. Pessoas vão pela manhã para serem atendidas à tarde. Confira o que registramos lá.


Mortes anunciadas e registradas

UPA que teve os recursos desviados

quarta-feira, 23 de maio de 2018

segunda-feira, 21 de maio de 2018

BOMBA! pessoas ligadas ao governo têm nomeações no Estado e em municípios de aliados - trabalho para o MP

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

Chegou denúncia ao blog que pessoas ligadas ao PC do B têm nomeação no Estado e em municípios administrados por aliados de Flávio Dino.

O blog investigou e detectou uma lista enorme de nomes suspeitos de dupla nomeação. Mas cabe ao Ministério Público apurar com mais profundidade o esquema e cada caso.

A título de exemplo, há uma secretária que acumulas as funções de Superintendente de articulação política do Estado e a de Secretária de Assistência Social no município de Centro Novo do Maranhão.



A Constituição Federal expressamente veda a acumulação remunerada de cargos públicos, salvo nas hipóteses previstas nas alíneas “a” e “b” do inciso XVI do art. 37, e desde que haja a compatibilidade de horários. Cargos acumulados são cargos mal-desempenhados.

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DO GOVERNADOR E DOS PREFEITOS SUPOSTAMENTE ENVOLVIDOS NO ESQUEMA POLÍTICO "UMA MÃO LAVA A OUTRA".

A Prefeita do PC do B e a Secretária bem articuladas com o governo do MA
O art. 37, da CF: "A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte…”

§ 4º. Os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.

Em 1992 foi editada a Lei Federal n° 8.429, apelidada de Lei de Improbidade Administrativa. Rezam os arts. 9°, 10 e 11 da referida Lei, diz:

Art. 10. Constitui ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres das entidades referidas no art. 1° desta Lei, e notadamente:

I – facilitar ou concorrer por qualquer forma para a incorporação ao patrimônio particular, de pessoa física ou jurídica, de bens, rendas, verbas ou valores integrantes do acervo patrimonial das entidades mencionadas no art. 1° desta Lei;

(...)

IX – ordenar ou permitir a realização de despesas não autorizadas em lei ou regulamento;

(...)

XII – permitir, facilitar ou concorrer para que terceiro se enriqueça ilicitamente;

(…)

Art. 11. Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições, e notadamente:

A citada Lei n° 8.429/92, diz:

Art. 4°. Os agentes públicas de qualquer nível ou hierarquia são obrigados a velar pela estrita observância dos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade no trato dos assuntos que lhe são afetos.

População denuncia uso eleitoreiro na distribuição de água na Capital

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

Gestão de Flávio Dino mandou investigar adversários e pressionar aliados insatisfeitos

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!

GASTOS COM INVESTIGAÇÕES


2015
79.681,35

2016
11.913,00

2017
25.434,83

2018
1.132,00

UM EXEMPLO DE ENQUADRAMENTO DE  ALIADO PARA SE REENQUADRAR - UMA DENÚNCIA QUE INCLUSIVE HAVIA SIDO ANDA NO STJ - MAS QUE SERVIU COMO FORMA DE PRESSÃO


Confira ... Um exemplo do que pode acontecer com quem resolver abandonar a ala comunista.