Blog do Edgar Ribeiro: Mesmo gastando 6,5 bilhões de reais na educação, o governo de Flávio Dino é marcado por denúncias de calotes aos contratados

SE NÃO QUISER LER APENAS OUÇA - CLIQUE NO PLAY ABAIXO

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Mesmo gastando 6,5 bilhões de reais na educação, o governo de Flávio Dino é marcado por denúncias de calotes aos contratados

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!



O esquema funciona assim: O governo contrata empresas (muitas delas só exitem no papel) para prestarem serviço diversos para a educação. O governo do Estado atrasa os pagamentos e a empresa atrasa o salário dos contratados. Quando o Estado paga a empresa, esta tem que cumprir com aquele percentualzinho camarada (propina) por fora pelo contrato ou para os pagamentos continuarem em dias.

Mesmo gastando 6,5 bilhões de reais na educação, o governo de Flávio Dino é marcado por denúncias calotes aos contratados.
Fonte: Portal de Transparência do Estado do MA

O deputado Wellington denúncia o descaso e varias irregularidade com terceirizados contratados na SEDUC  

Atendendo a solicitação de varios terceirizados que prestam serviço pra o Governo do Estado, o deputado Wellington do Curso utilizou a tribuna para denunciar que funcionários terceirizados da Secretaria de Educação do Estado estão sem receber salários há cerca de oito meses e não há qualquer previsão de pagamento. Além de varias outras irregularidades. Essas pessoas prestam serviços de zelador nas escolas estaduais por meio da empresa conhecida no mercado como Liberty Serviços e Comércio.

Segundo os funcionários, desde setembro de 2017, quando a empresa Liberty assumiu os serviços, houve apenas o pagamento de apenas um mês, após isso, os salários seguem atrasados. Segundo a Secretaria de Educação, a responsabilidade é da empresa contratada que ao mesmo tempo joga a responsabilidade para a SEDUC. Enquanto isso, os funcionários de Codó, Timbiras, Coroatá, São Mateus, Alto Alegre, Peritoró, dentre outras cidades, estão sem receber seus salários e demais benefícios. 

Wellington tem sido um fiscal da educação. Este deputado
tem sido uma voz pela melhora na educação.
Viajou por vários municípios fiscalizando escolas
e graças e ele muitas foram recuperadas, mais junto
muitos desvios de recursos públicos.
“Recebemos as reclamações de homens e mulheres, trabalhadores contratados para prestarem serviço na educação como zelador, que estão com os salários atrasados há oito meses. Em defesa dos direitos dessas pessoas, solicito ao Governador Flávio Dino e a Secretaria de Educação que adotem as devidas providências para solucionar o problema urgente, pois os trabalhadores necessitam receber seus pagamentos para se sustentar. Sabemos que a responsabilidade direta é da empresa, mas não podemos esquecer que o Estado ainda está no controle, o que não justifica a omissão da Secretaria diante do não pagamento dos funcionários”, disse o professor e deputado Wellington.

O Ministério Público do Maranhão, em se tratando do governador faz ouvido de mercador. Agora se for um prefeito de uma pacata cidade a vara come nos lombos - O MP do MA aparece como arauto da moralidade. Nadinha...... só miguelagem....

Deixe seu Comentário Aqui!