Blog do Edgar Ribeiro: Coisas ruins e coisas boas do Maranhão que aos poucos foram contaminadas pela politicalha e interesses escusos

SE NÃO QUISER LER APENAS OUÇA - CLIQUE NO PLAY ABAIXO

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Coisas ruins e coisas boas do Maranhão que aos poucos foram contaminadas pela politicalha e interesses escusos

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!




COISAS BOAS DO MA QUE FORAM CONTAMINADAS

O JP

Nos idos de 1951 surge no Maranhão aquele que viria a ser o instrumento de defesa da justiça social, dos ideais políticos e do direito do cidadão – O Jornal Pequeno (JP). Apesar de ser chamado de pequeno, era grande e sobrevivei décadas por décadas sem se dobrar aos interesses políticos de quem comandara o Maranhão. Agora, porém, se tornou minúsculo por deixar ser dominado por interesses políticos de plantão. 

Afinado com o PC do B, o JP contamina sua bela história.

A RÁDIO TIMBIRA

Fundada em 15 de agosto de 1941, a Rádio AM Timbira foi concebida para ser uma emissora do governo. “A Rádio Timbira levava a todo Estado do Maranhão informações, entretenimento e lazer, sendo um elo importante na vida do interiorano, assim como a do homem da capital. Embora, a pioneira de radiodifusão no Maranhão não tivesse todo o aparato tecnológico como nos dias atuais, o empenho e a paixão dos profissionais daquela época vieram a dar grande contribuição como formadores de opinião. Apesar de enfrentarem os desafios apresentados pelas tendências demográficas, isso não serviu de impedimento para que a comunicação chegasse aos ouvintes de sua região” (UFRGS).

Os piores momentos da Rádio Timbira foram no governo de Roseana Sarney, que chegou até extingui-la (Lei n. 6.454 de 27 de outubro de 1995). A partir daí a Rádio Timbira passou a agonizar. José Reinaldo (em 2002) tentou ressuscitá-la, mas sem sucesso.

Jackson Lago tentou recuperar a credibilidade da Timbira, ensaiou reestruturá-la, mas faltou empenho e visão.

Flávio Dino foi quem deu maior passo para modernizar a Rádio Timbira, mas com a intenção dela servi-lhe de palanque para seus interesses políticos. É o que se vê na grade de programação da Rádio. Uma lástima.

Pela Rádio Timbira passou grandes nomes do rádio, que nunca se comportaram como fazem os de hoje. 

Coisas boas do Maranhão que aos poucos foram contaminadas pela politicalha e interesses escusos.   

Deixe seu Comentário Aqui!