Blog do Edgar Ribeiro: Governadores tentam visitar Lula na prisão. Dentre eles só Flávio Dino não está na lista de propinas do PT

SE NÃO QUISER LER APENAS OUÇA - CLIQUE NO PLAY ABAIXO

terça-feira, 10 de abril de 2018

Governadores tentam visitar Lula na prisão. Dentre eles só Flávio Dino não está na lista de propinas do PT

CLIQUE E COMPARTILHE ESTA POSTAGEM!



Carta que os governadores deixaram para Lula
Os governadores Tião Viana - PT (Acre), Rui Costa - PT (Bahia), Camilo Santana - PT (Ceará), Wellington Dias - PT (Piauí), Flávio Dino - PC do B (Maranhão), Renan Filho - PMDB (Alagoas), Jackson Barreto - PMDB (Sergipe), Fernando Pimentel - PT (Minas Gerais) e Paulo Câmara - PSB (Pernambuco) tentaram visitar Lula na prisão, mas tiveram a visita impedida pela Justiça.

Ao vetar a visita de políticos ao ex-presidente, a juíza decidiu expressamente "não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal".

Com exceção do Governador Flávio Dino, todos receberam propina do esquema de corrupção do PT de Lula.

Propina da JBS para os governadores:
Renan Filho (PMDB-AL) — R$ 1,32 milhão
José Ivo Sartori (PMDB-RS) — R$ 2,7 milhões
Pezão (PMDB-RJ) — R$ 2,4 milhões
Marcelo Miranda (PMDB-TO) — R$ 200 mil
Geraldo Alckmin (PSDB-SP) — R$ 2,99 milhões
Simão Jatene (PSDB-PA) — R$ 499 mil
Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) — R$ 10,5 milhões
Beto Richa (PSDB-PR) — R$ 1,01 milhão
Tião Viana (PT-AC) — R$ valor não revelado
Camilo Santana (PT-CE) — R$ 7,33 milhões
Fernando Pimentel (PT-MG) — R$ 5,98 milhões
Paulo Câmara (PSB-PE) — R$ valor não revelado
Rodrigo Rollemberg (PSB-ES) — R$ 852 mil
Raimundo Colombo (PSD-SC) — R$ 2,8 milhões
Robinson Faria (PSD-RN) — R$ 8,5 milhões
Suely Campos (PP-RR) — R$ 200 mil 

Jackson Barreto - PMDB (Sergipe) um dos beneficiários de R$ 4,7 milhões recebidos de duas empreiteiras envolvidas no escândalo da Operação Lava Jato -- OAS e Andrade Gutierrez.

Wellington Dias - PT (Piauí) recebeu propina de R$ 1,9 milhões da construtora Odebrecht repassados através da cervejaria Itaipava, sua sócia no banco do Caribe.

Rui Costa - PT (Bahia) - investigações realizadas pela PF apontam que o Grupo Petrópolis, dono da cervejaria Itaipava, fez doações de R$ 3,5 milhões, a pedido da Odebrecht, para o então candidato petista.

Deixe seu Comentário Aqui!